O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

O IV CIMFOR receberá trabalhos completos nas seguintes modalidades:

Relato de Experiência (7 a 10 páginas) – TEMPLATE

Relato de Pesquisa (7 a 14 páginas) – TEMPLATE

 

2.5 A submissão de trabalho será limitada a um número de três trabalhos por pessoa:

  1. a) um como autor e dois como coautor.
  2. b) serão aceitos até 3 coautores em cada trabalho, num total de 4 autores (1 autor mais 3 coautores) sendo que todos devem estar inscritos no evento.

2.6. As inscrições poderão ser realizadas em dois formatos:

  1. a) Participante com Comunicação Oral, na modalidade:
  • Relato de Experiência;
  • Relato de Pesquisa.
  1. b) Ouvinte.

2.7. Os locais e horários das apresentações e comunicações serão divulgados no site do evento.

2.8. Os inscritos na modalidade Comunicação Oral somente terão seus resumos publicados nos Anais mediante apresentação do respectivo trabalho durante o evento. Quando houver mais autores por trabalho, basta que um dos autores faça a apresentação para validar a mesma, sendo permitida a apresentação de todos os autores envolvidos, se assim o desejarem.

2.9. Para a submissão do trabalho todos os autores e coautores devem realizar a inscrição no valor de R$ 15,00 (dados detalhados no item 2.2.1):

2.10. O valor da inscrição não será devolvido em hipótese alguma.

 

  1. Normas para Submissão e publicação dos Trabalhos

3.1.  Nas categorias Relato de Experiência e Relato de Pesquisa, poderão  ser  submetidos trabalhos para publicação nos Anais do evento.

3.1.1.  O trabalho enviado  pelos  proponentes  no  ato  da  inscrição  deverá obedecer às normas contidas no modelo proposto para o evento (ver templates).

3.2. Os trabalhos deverão ser enviados através do campo “submissões – enviar submissão” desta homepage: https://portaleventos.uffs.edu.br/index.php/cimfor/index

 

3.3. Serão publicados nos Anais do III CIMFOR os trabalhos com os nomes dos autores e coautores que efetivamente realizaram o pagamento da inscrição. 

  1. Normas para Apresentação de Trabalho

4.1. Comunicação Oral

4.1.1. A comunicação oral visa desenvolver diálogos sobre relatos de experiências e de pesquisas, fomentando a interação e aproximação entre comunidade acadêmica e científica.

4.1.2. . A comunicação oral será organizada por meio de eixos temáticos indicados pelo autor no ato da submissão do trabalho.

4.1.3. A plataforma digital que será utilizada para apresentações será divulgada por e-mail aos inscritos, a mesma permite o compartilhamento durante a apresentação de materiais em formato .pdf, ppt e/ou jpeg de forma simultânea durante a fala do(s) apresentador(es).

4.1.4. O apresentador do trabalho não poderá ausentar-se da sala de apresentação antes do término de todas as comunicações orais. 

4.1.5. Cada apresentação terá duração de 10 minutos e, ao final de todas as apresentações, será aberta discussão entre os pares.

4.1.6. Na sala, haverá um mediador que gerenciará a ordem, o tempo de apresentação e a discussão. 

4.1.8. Os trabalhos efetivamente apresentados receberão um único certificado.

4.1.9. Somente os trabalhos apresentados poderão ser publicados nos anais. 

  1. Eixos temáticos

Eixo 01 - Formação Docente, Educação Escolar e Democracia.

O eixo acolhe trabalhos que tematizam a relação entre a boa formação docente, a escola pública de qualidade e a efetivação de uma sociedade democrática, tendo como fundamentação as abordagens pedagógicas críticas. Os artigos ou ensaios devem discutir questões como: contribuições conceituais dos pensadores clássicos para pensar dilemas atuais da educação. Desafios históricos da escola: do acesso, permanência e qualidade para todos. Formação docente ampla: científica, técnica, estética, ética e política. Formação docente e responsabilidade pedagógica e social com a democratização do conhecimento científico e cultural. Limites e possibilidades da promessa da escola moderna: do acesso a todos à formação da autonomia. A crítica da escola como reprodução: meritocracia e legitimação da desigualdade social. Teoria crítica, formação docente e democracia: educação, resistência e emancipação social.

Eixo 02 - Memória e Formação Docente.

Nesse eixo temático o objetivo é apresentar trabalhos sobre as temáticas: história, memória e escola e perspectivas teórico-metodológicas. Além disso, inclui-se também: memória e narração na escola, na formação de professores, os relatos (auto)biográficos e a formação continuada de professores. Docência, memória e identidade.

Eixo 03 - Formação social, Educação e Direitos Humanos.


Neste eixo os trabalhos devem discutir a educação sob a perspectiva do direito fundamental, direito ao acesso a escola, direito a permanência, direito as politicas públicas repressoras e de resistência sobre a educação enquanto direito. Analise do cenário das políticas e práticas para promoção da educação como direito fundamental. Considerações críticas sobre resultados parciais ou finais de estudos que abordam as teorias, as políticas e as práticas relacionadas aos Direitos humanos. A complexidades dos processos culturais, formação de profissionais e garantia dos direitos humanos.  

Eixo 04 - Formação Inicial e Contínua de Professores.

Neste eixo os trabalhos devem apresentar a Formação de professores inicial e continuada  tem como objeto global do campo de pesquisa sobre formação de professores o estudo do processo de construção, desenvolvimento e aprofundamento do conhecimento e das competências necessárias ao exercício da profissão de ensinar, seus impactos, resultados e pesquisas sobre política de formação de professores.

 

Eixo 05 - Didática e Metodologias de Ensino Aprendizagem.

Neste eixo os trabalhos devem discutir a questão didática em sala de aula, a didática dos saberes, mecanismos da transposição didática,  estratégias e metodologias de ensino e aprendizagem,  a revisão epistemológica dos saberes e a articulação com o currículo.

 

Eixo 06 - Inclusão e Diversidade.

O eixo aborda a questão da inclusão para pessoa com deficiência no ambiente escolar e o acesso as políticas publicas. Também trata da questão da inclusão social por meio de políticas afirmativas. Mobilização social para promoção social e implementação de políticas públicas. Trata da questão da inclusão da comunidade LGBT e a inclusão e a diversidade na perspectiva da educação do campo, indígena, quilombola e educação para as relações étnico-raciais. 

Eixo 07 - Avaliação da Educação.

O eixo aborda a questão da avaliação na escola, avaliação e os indicadores nacionais, a avaliação na formação dos docentes nos diferentes níveis de ensino, divulgação e análise dos resultados das avaliações em larga escala e institucionais.Articulação  das secretarias de educação, unidades escolares e professores quanto às particularidades das avaliações quanto as avaliações em larga escala. Utilização dos resultados das avaliações pelos professores, unidades escolares e secretarias de educação no processo da gestão educacional.Promoção e implementação de políticas públicas através dos resultados das avaliações escolares. Relação dos professores e avaliação do ensino e a aprendizagem. Estratégias inovadoras para a avaliação do Ensino e da aprendizagem.

Eixo 08 - Ética e Formação Profissional.

O eixo aborta temas como a relevância da Ética na formação profissional contribuições de pensadores clássicos para pensar a atuação ética do profissional no tempo presente; considerações conceituais filosóficas sobre os códigos de ética profissional; desafios da formação abrangente: da competência técnica ao compromisso da bioética global; excelência profissional, qualidade de vida e responsabilidade social; Ética, projeto de vida e emancipação social

Eixo 09 - Educação em Ciências e Matemática e a Formação de Professores.

Neste eixo os trabalhos devem discutir o ensino de ciências e matemática na formação de professores da educação básica e superior. Também aborda a questão da problematização do ensino de ciências na escola, os ensino de ciências nos ambientes não formais e informais. Perspectivas do ensino de ciências e matemática a partir de problemas. Problematização do ensino de ciências na educação infantil e básica.

 

Eixo 10- Linguagens, Docência e Formação.

Nesse eixo, os trabalhos precisam abordar a questão da formação docente, voltando-se principalmente para a promoção de um espaço de reflexão sobre às práticas de leitura, de escrita, de oralidade e/ou de análise de enunciados produzidos em contexto escolar ou em outras esferas da comunicação humana. 

 

Eixo 11- Ensino à distância e ou Tecnologias na Educação.

Neste eixo os trabalhos devem discutir a questão da educação a distância, as contribuições, limitações e práticas inovadoras para o ensino a partir das ferramentas do ensino à distância. A contribuição das tecnologias da informação (redes sociais, ambientes virtuais, blogs, sites) no favorecimento do ensino aprendizagem.

 

Eixo 12 – Gestão e Coordenação Escolar

Pesquisas e relatos de experiência que abordam a organização, o funcionamento e os processos de tomada de decisão das instituições escolares. Neste contexto o eixo envolve: as práticas de uma gestão democrática e participativa; as relações que a escola estabelece com as comunidades nas quais está inserida; a participação de pais e responsáveis nos diferentes espaços e tempos da vida escolar; o papel dos Conselhos de Escola, associação de pais e grêmios estudantis; discussão e elaboração dos PPPs (Projetos Político-Pedagógicos); relações entre a gestão, a coordenação e os trabalhadores da educação; o trabalho coletivo; condução dos programas de formação continuada; a importância da constituição dos agentes de liderança; o apoio pedagógico e a condução de projetos diversos desenvolvidos na escola e outros temas correlatos.

 

Eixo 13 – Pensadores e teorias da Educação

O eixo recepciona artigos de pesquisas sobre a biografia e a produção de pensadores clássicos que influenciaram, contribuíram e/ou atuaram no campo da educação, destacando a relevância, pertinência e atualidade das suas concepções teóricas e experiências formativas para pensar e dialogar criticamente com a problemática educacional do tempo presente.

 

  1. Critérios de Avaliação para Publicação dos trabalhos

6.1. Para efeito de publicação nos Anais do IV CIMFor deverão ser observados os seguintes critérios:

  1. a) conteúdo em conformidade com o título do trabalho;
  2. b) capacidade de síntese, considerando clareza, correção e adequação à linguagem do texto;
  3. c) consistência metodológica;
  4. d) redação científica de acordo com a norma culta da Língua;
  5. e)  formato  do texto  em  conformidade  com  as normas estabelecidas para o  evento no  ato  da inscrição.

​​

  1. Das Disposições Finais

7.1. Os casos omissos serão tratados pela Comissão Organizadora do evento

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.